Fórum iFactory
Seja um membro do Fórum iFactory!
Clique em "Registrar" ou faça o "Login" caso já seja um membro.
Participe do mais novo fórum de informática, games e design!

[Pesquisa] Por que você compra jogos?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Pesquisa] Por que você compra jogos?

Mensagem por Sonic em 5/11/2010, 10:20

Colunista põe a cachola para funcionar na busca do que realmente leva uma pessoa a comprar um game

Em determinado momento devaneador da vida comecei a pensar sobre qual o real motivo de desejar comprar certos games. Com isso em mente, resolvi fazer uma análise do real motivo pelo qual algumas pessoas compram jogos compulsivamente.

Será que é para jogar todos? Será que é pela posse do game? Será que é para estar na “onda“ e conhecer aquele título que todos estão comentando? Bom, para saber essa resposta eu precisei analisar primeiramente a mim mesma para depois chegar a conclusões sobre as pessoas ao meu redor.

Já começo com uma afirmação: sou contra pirataria. Hoje em dia é moda dizer que você é contra a pirataria, mas no meu caso não é hype, é fato! E ainda posso alegar, pois tenho 23 jogos de PlayStation 2 originais, por exemplo. Falo isso com muito orgulho, afinal foram muitos salários investidos nestes games.

No entanto, parei para analisar quantos destes jogos eu realmente consegui terminar. Cheguei à conclusão que dos 23, terminei apenas quatro por completo. Outros dez eu joguei partes, e nove deles eu nem sequer coloquei no console! Tirando a depressão de que não tive tempo para jogar todos, ainda assim não me arrependo de ter os títulos adquiridos.
Foi aí então que me dei conta do tipo de gamer sou: entusiasta. Entusiasta é aquele que lê muito sobre o game, vê muitos trailers, acompanha o lançamento, faz propaganda para os outros, mas nem sempre termina o jogo. Não me julgo colecionadora, pois não tenho títulos essenciais de consoles clássicos, mas compro todo e qualquer jogo que eu gostaria de jogar - apesar de muitas vezes eu nem encostar-se a ele.

Perda de dinheiro? Talvez. Falta de tempo? Com certeza. Mas a esperança de arranjar tempo para jogar todos eles ainda prevalece. A sensação de comprar um título que você está empolgado é muito satisfatória. Quem nunca viu um game na prateleira de uma loja, o pegou na mão, viu o preço e constatou que não poderia comprar?

Um exemplo pode ser dado com a minha quest de comprar “FIFA 2010”. Na data de lançamento, o jogo estava R$ 199,00. Obviamente eu não tenho tanto cacife para comprar um jogo a este preço, então o jeito era apenas namorá-lo. Em geral, os preços dos lançamentos são altos devido à alta taxa de impostos, mas ao mesmo tempo, ao grande oportunismo visto pelas lojas em ter um título que muitas pessoas queiram jogar, podendo colocar o preço lá em cima, e mesmo assim vender várias cópias.
“Manhê me compra o FIFA 2010?”

Pois a satisfação vem depois, quando os preços abaixam, e você finalmente vai até a loja, com aquele sorriso e frio na barriga, pega o game na mão, lê a caixinha, vai até o caixa e compra! Talvez eu esteja soando consumista demais, mas a posse do game seja para colecionar, ou para apreciar, nos remete a um patamar de conquistas, ou seja, a primeira conquista é realmente comprar o jogo. Esse achievement é algo que todo gamer que se preze gosta de conseguir.

Meu achievement com “FIFA 2010” só foi ser realizado em Janeiro de 2010, quando comprei o jogo na Rua Florida, em Buenos Aires. Local famoso para compras, e como a nossa moeda é bem mais forte que a dos argentinos, acabei pagando R$ 99,00. Aceitável.

Pensando bem, não é apenas para games que as pessoas comprar por entusiasmo! Quantas pessoas neste mundo já não compraram boxes de séries e não as viram por completo? Compraram coleções de livros e não os leram? Pois é…

No entanto, vou dar um exemplo de um grande amigo meu. Até hoje, todos os jogos que ele comprou ele terminou. Sinto até orgulho de citá-lo, pois, como eu disse previamente, eu não cheguei nem perto de terminar todos os games que tenho.

Sai um lançamento que ele quer jogar, ele compra. Aprecia o jogo do início ao fim. Joga todos os finais possíveis, consegue todos os troféus e achievements imagináveis. Explora todo o mundo do jogo. E depois, joga tudo novamente no modo extra, master, blaster, hard. Muito bem. Só depois de todo esse ritual ele pensa em comprar outro game. É óbvio que ele tem bem mais tempo que eu pra jogar, mas isso não é desculpa! Admiro pessoas que compram games que realmente vão jogar, e o melhor de tudo: terminar o jogo.
Há compradores românticos, duvida?

Considero que ele é um comprador romântico, pois realmente passa momentos memoráveis com os games que compra, os trata com carinho, e não apenas como itens de entretenimento. Trata os bem, usa até o máximo, e depois volta a jogá-lo pelo prazer de passar mais tempo com ele. Admirável.

Por fim, tenho mais um caso para citar, que é de um colega de trabalho. Este sim é colecionador que se preze. Ele é simplesmente viciado em comprar Edições Especiais. Toda e qualquer Edição de Colecionador ele compra. Quer ter tudo sobre os games que são lançados, inclusive dos mais antigos. Ele tem mais de 200 games de diferentes plataformas, todos guardados e muito bem cuidados.

Claro que o poder aquisitivo é relativamente maior do que o meu, mas também o admiro, pois a coleção é invejável. Este tipo de comprador conhece inclusive a trilha sonora dos games, pois as têm de comprar as edições especiais. Action Figures também fazem parte da coleção, e artbooks entre outros itens.

Louvados sejam os três tipos de compradores que citei. Claro que devem ter muitos outros, como os casuais, que compram apenas um jogo ou outro, os piratas, que nunca compram jogos originais, e os fãs, que só compram jogos da mesma série. Mas achei que estes citados aqui são os mais interessantes e próximos de mim.

Mas me diga, por que você compra jogos?

Quem sou eu: Sabrina Carmona é mestranda em Comunicação e Semiótica na PUC-SP, em que pesquisa Games como tema de dissertação. Graduada no curso de Tecnologia em Jogos Digitais, coordena um grupo de pesquisa em games chamado CS: Games. Atualmente trabalha como Game Director com games e projetos, coordenando uma equipe de Game Development.

Fonte: MSN Jogos
Data: 05/11/2010
Minha Opinião:
Sonic: Considero muito essa manchete da Sabrina. Ela tem razão no que diz... Mas me digam, imginem (imagina só Very Happy ), que nós fossemos pessoas boazinhas e não soubessemos como piratear nd... e tivesse que comprar tudo original. O que te levaria a comprar um game na sua opinião:?:

____________________________________________

Sonic
Administrador
Administrador


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum